Publicado por: diogocavaleiro | 18/10/2010

O primeiro Orçamento é sempre o primeiro Orçamento

Para qualquer jornalista de economia, a apresentação do Orçamento do Estado é um acontecimento. Pela primeira vez na minha vida, senti-o como um ponto verdadeiramente significativo.

O ano passado era apenas mais um momento que, para mim, ocupava o espaço mediático. Em 2010, foi uma semana de expectativa, de trabalho, de procura. A expectativa era efectivamente alta e, apesar de estar à espera de um pico de excitação, a verdade é que senti um anti-climax. Teixeira dos Santos não entregou todo o Orçamento, além de o ter feito a uma hora em que esperar reacções era uma ilusão.

Mas não há dúvida que foi um fim-de-semana marcante. Podia ter sido mais. A semana que antecedeu foi mais preenchida (Viva a iniciativa “O Meu Orçamento”, do Negócios), mas posso dizer que já participei na cobertura de um Orçamento do Estado. E o facto de ser um dos mais polémicos dos últimos anos até me deixa bastante satisfeito.

Daqui a uns anos sempre posso dizer: “Lembram-se daquele Orçamento em que o relatório não foi entregue e em que o país assistiu a subidas enormes de impostos? Foi o meu primeiro”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: