Publicado por: diogocavaleiro | 20/09/2010

A experiência profissional antes do fim do curso

O terceiro ano do meu curso foi, sem dúvida, uma obrigação. Enquanto os dois primeiros anos foram óptimos, o último não me deixou com saudades da faculdade. E hoje, dia de regresso às aulas, tive a garantia de que as saudades não são nenhumas. Embora sempre tenha sido um apaixonado pela vida académica sinto que preciso de um contacto intenso com a vida profissional.

Se há coisa que agradeço ter podido fazer é o estágio no Público no ano passado.  Abriu-me os horizontes. Ensinou-me muito.

Digo isto como um conselho. Penso que todos os alunos de jornalismo deveriam tentar ter contacto com a vida profissional antes, a meio e não só apenas no fim do curso. É importante procurar saber se realmente é aquilo que querem e, se sim, tentar marcar um lugar.

Pela minha  parte, consegui aperceber-me que o jornalismo é algo que me preenche. Como já aqui escrevi, estar numa redacção coloca-me num estado de espírito que não consigo descrever. Por isso digo que quanto mais cedo alguém estiver no mercado melhor.

Mas pode haver alguém que vá para uma redacção e perceba que aquilo não é, exactamente, o que estava à espera. E quanto mais cedo perceber isso melhor.

Não vejo pontos negativos nesse contacto profissional antes do fim do curso, pois aprende-se mais, melhor, conhece-se, experimenta-se, contacta-se, informa-se. Como aconteceu comigo, o ponto menos positivo parece-me passar apenas por deixar de dar tanta atenção ao curso.

Anúncios

Responses

  1. Curioso ler este post, caro Diogo. Penso exactamente o mesmo. Foi o que muito anunciei, ao longo de 3 anos de licenciatura, a todos os colegas, sobretudo nas recepções aos caloiros.

    Preocupações de quem já era jornalista, mas que ainda não tinha formação superior.

    Continuação de boas jornalices 😉

  2. Esqueci-me de referir “dia de regresso às aulas” para os outros, porque para mim haverá um interregno. 🙂

  3. Pedro, obrigado pelo comentário. Eu realmente apercebi-me que o contacto directo com as “jornalices” é necessário para que uma pessoa que está a estudar na área tenha noção se aquilo lhe interessa. Por exemplo, acho que sem os dois estágios que fiz não me tinha apercebido do quanto gosto disto. 🙂
    Obrigado.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: