Publicado por: anafilipapinto | 16/09/2010

Jornalismo que vive de histórias. Histórias que vivem no jornalismo.

Sou sincera. Esta talvez seja, de todas, a semana em que tenho menos ideias acerca do que poderei escrever. Há dias assim. No jornalismo, inclusive. Dias em que queremos arrancar ideias à força e elas não aparecem, não chovem, não crescem. Não fazem nada, simplesmente. A vontade pode ser muita, o desejo imenso. Mas as ideias não querem vir. Há quem não acredite em minutos, segundos de inspiração. Eu começo a ceder aos encantos do conceito.

No entanto e apesar de dependente dos caprichos da tal afamada “inspiração”, continuo a (re)descobrir o vício de inventar formas de contar “ao mundo” de que forma “o mundo” gira. A prova de que não basta ser rigoroso. Ser criativo com rigor é tão mais ambicioso, tão mais cativante, tão mais “arriscado”.

Há quem diga que o jornalista nada mais é do que um contador de histórias. Eu não diria melhor. Só acrescentaria: é tão difícil ser um bom contador de histórias. Manter a atenção, não fugir à verdade, evitar “clichés”, não acrescentar pontos aos contos. E contar histórias que fiquem. Histórias que, passados muitos anos, haja quem recorde mesmo sem saber onde leu, viu, ouviu. Histórias que deixem sensação de vida sem cair no “habitual”. Histórias que ensinem a viver sem passar sermão. Histórias que sejam bem mais que apenas histórias. Histórias que sejam cor, sabor, som, textura, contorno, rosto.

O jornalismo conta histórias. Sim, sem dúvida. Apenas não as inventa. Revive-as. Como? Reavivando-as.

(Foi o que resultou da falta de inspiração. Peço desculpa pela ausência de originalidade.)

Anúncios

Responses

  1. E isto é a tua desinspiração?
    Gosto tanto de ti, minha Aninha. Ainda hoje falei no quanto desejo que tudo te corra bem 😀

    Não sei se algum dia terei a tua arte para contar histórias, mas é um orgulho poder contar-te na minha.

    Afilhada-Madrinha, um beijinho muito grande (e com muitas saudades…)

    • Uma Madrinha-Afilhada babada com as palavras do Afilhado-Padrinho que também tanto a orgulha =)

      Obrigada por tudo!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: